Expediente Fale conosco
Jornal PUC  
Comunicar 30 anos Brasão da PUC-Rio
Entrevista

Um contato com a rotina universitária Por: Bell Magalhães

A 15ª edição de uma das ações mais tradicionais da Universidade, o PUC por Um Dia, será realizada na sexta-feira, 5. Entre 8h e 17h, estudantes do Ensino Médio, pais e professores de escolas públicas e particulares do Rio de Janeiro participarão da ação organizada pelo Programa de Integração Universidade, Escola e Sociedade (PIUES). O objetivo é auxiliar os estudantes na escolha das carreiras universitárias por meio do contato com pesquisadores de áreas distintas. Os alunos visitantes terão contato com a rotina universitária e podem aprender sobre diversas esferas do conhecimento. Palestras, visitas aos laboratórios, bibliotecas, além de atividades comunitárias como missas, leituras e teatro fazem parte da programação. Os professores visitantes também terão uma programação específica, como o bate-papo sobre a Reforma do Ensino Médio, com o professor Edgar Lyra, do Departamento de Filosofia. A coordenadora do PUC por Um Dia, Carmen Fagundes, ressalta que o aluno-guia da PUC exerce papel fundamental na relação entre os visitantes e a Universidade e na organização do projeto.

 A coordenadora do PUC por Um Dia, Carmen Fagundes. Foto: JP Araújo
A coordenadora do PUC por Um Dia, Carmen Fagundes. Foto: JP Araújo


Como vai ser o treinamento dos alunos-guia?
Carmen Fagundes:
O treinamento é muito simples. Na verdade, é mais um bate-papo. É um momento em que eu mostro que, mais do que qualquer outra pessoa, ele é o anfitrião desse dia. Prezamos pelo contato do aluno do Ensino Médio com o universitário. É importante receber os alunos e os professores de Ensino Médio com seriedade e organização mas, ao mesmo tempo, com simpatia e jovialidade. Ter o compromisso de não faltar e chegar no horário é essencial. Visitas ao laboratório, palestras, workshops serão feitos, pelo menos, na presença de quatro guias por atividade. Eles ajudarão nas filas nas entradas das salas e a esvaziar o auditório, vão verificar se os equipamentos estão corretamente instalados nos auditórios e se os palestrantes chegaram na hora.

Quais são as novidades deste ano?
Carmen:
Este ano, a equipe de informática do PIUES fez um trabalho excepcional. A mudança na inscrição dos alunos-guia começa no momento em que ele entra no site do PIUES. A nossa ideia é que o aluno se inscreva para organizar as atividades do próprio curso. Entendemos que, se o aluno é do próprio curso, ele conhece a secretaria, conhece o professor palestrante, se tiver algum problema, ele sabe para onde correr, com quem falar. Até o ano passado, o aluno participava da reunião de treinamento e ele era responsabilizado por qualquer atividade. Então, se o aluno era de Engenharia, ele poderia pegar uma palestra de Comunicação para cuidar, e assim por diante. Este ano, estamos induzindo o aluno, mas sem obrigá- -lo, a pegar uma organização de uma atividade do próprio curso.

Qual é o ganho acadêmico para o aluno-guia que se inscreveu para a reunião de outros centros acadêmicos dentro dessa troca de experiências?

Carmen:
Apesar de induzirmos o aluno a participar da reunião do próprio curso, nada impede que o aluno, ao terminar de trabalhar na própria escala e assumir as responsabilidades, assista a uma palestra de outro curso em um horário diferente. No momento da inscrição, o aluno já tem o acesso à programação do PUC por Um Dia, então, ele pode escolher as atividades que o agrada.

Quais são os ganhos para o aluno visitante que participa do PUC por Um Dia?

Carmen:
Acho que é a oportunidade de estar em uma universidade enquanto aluno do Ensino Médio. Visitar o campus, poder transitar e, principalmente, sanar todas as dúvidas e dificuldades de escolha em relação à futura profissão. O intuito é ajudar o aluno no que for possível. Se o aluno participar de duas ou três palestras, com certeza, estará ganhando. São acessos ao conhecimento e um caminho para entender como a engrenagem acadêmica funciona. Ele também pode usar essa oportunidade para falar com o PIUES, com os palestrantes, pedir dicas de outros projetos e se inserir no ambiente universitário ainda na escola. Não tem perda para o aluno do Ensino Médio.

Publicada em: 28/04/2017 Ver matérias da seção: Entrevista

Nesta Edição

anterior < Repertório: teatro contemporâneo na PUC Até julho, três peças teatrais...

próxima > Conhecer e experimentar a ferramenta livre A Universidade vai recebe...

DESTAQUES

Duas Décadas do NEAd

Para celebrar os 20 anos de fundação, o Núcleo de Educação de Jovens e Adultos (NEAd) vai realizar um seminário sobre o trabalho no campo da Educação de Jovens e Adultos (EJA) e da Educação Popular. Leia mais

Dinâmicas das Humanidades no Brasil

O Seminário Internacional – Mapeando as Dinâmicas das Humanidades no Brasil ocorrerá entre terça-feira, 19, e quinta-feira, 21, no Auditório Padre José de Anchieta. Leia mais

Liberdade de Expressão

Na quinta-feira, 20, ocorre o lançamento do livro Contrarreligião: Liberdade de Expressão e o Discurso de Ódio Contrarreligioso. O encontro terá início com um debate sobre religião e liberdade de expressão. Leia mais