Expediente Fale conosco
Jornal PUC  
Comunicar 30 anos Brasão da PUC-Rio
Entrevista

Moodle Moot: a tecnologia no ensino Por: Erick Foti

Troca de experiências e cooperação entre usuários do ambiente Moodle é o objetivo do MoodleMoot, que ocorrerá na quarta, 18, e na quinta-feira, 19, no RDC. Durante os encontros, que são apoiados pela Vice-Reitoria Acadêmica e pela Coordenação Central de Educação a Distância (CCEAD) da PUC-Rio, os usuários e interessados pela plataforma poderão assistir às palestras sobre temas específicos que envolvam o uso do Moodle. É a primeira vez que ocorre o encontro no Rio de Janeiro. O diferencial desta edição, que será na PUC-Rio, é a presença do criador do Moodle, Martin Dougiamas, que ministrará palestras nas manhãs dos dois dias de encontros. A coordenadora central da CCEAD, Gilda Helena Bernardino de Campos, e o coordenador de tecnologia da CCEAD, Renato Araujo, falaram sobre o ambiente e os encontros do MoodleMoot. Informações sobre a programação em goo.gl/wXnz2r.

 Gilda Helena Bernardino de Campos e Renato Araújo. Foto: Matheus Aguiar
Gilda Helena Bernardino de Campos e Renato Araújo. Foto: Matheus Aguiar


O que é o Moodle e qual o objetivo do MoodleMoot?
Renato Araujo: O Moodle é um ambiente de aprendizagem aberto, gratuito, que pode ser configurado e editado por seus usuários. O sistema tem como objetivo facilitar o aprendizado on-line dos usuários, aprimorando aulas e dando apoio a professores e alunos que queiram aprender. Por ser aberto, ele é mantido por uma comunidade mundial de usuários e programadores que frequentemente acrescentam melhorias ao sistema. A PUC utiliza o Moodle como seu ambiente oficial de aprendizagem on-line. Além de trabalhar com disciplinas a distância, a ferramenta fornece apoio a todas as disciplinas presenciais. Os professores têm um espaço que importa automaticamente os alunos do SAU, no qual podem colocar conteúdos, atividades ou aplicar provas. O MoodleMoot é um encontro em que os usuários desse ambiente podem trocar, discutir e conhecer melhorias das novas versões da plataforma. No Brasil, já ocorreram outros 14 encontros como esse, mas é a primeira vez no Rio de Janeiro. O diferencial desta edição que ocorrerá na PUC- -Rio é a presença do criador do Moodle, Martin Dougiamas, que palestrará nas manhãs dos dois dias de encontros e, com certeza, participará das outras sessões.

Como será a dinâmica da programação?
Renato: Pela manhã, ocorrerão palestras plenárias, no auditório, em três sessões de mais ou menos uma hora. À tarde, teremos encontros simultâneos, como palestras, minicursos e relatos de casos, em salas de aula e laboratórios. Os participantes podem acompanhar a palestra que desejarem, de acordo com seus interesses. Por exemplo, teremos salas com palestras voltadas para usos pedagógicos do Moodle, palestras mais técnicas ou sobre programação e também minicursos para iniciantes que querem aprender a fazer bom uso do ambiente. Também haverá muita troca de experiências e boas práticas no uso da ferramenta com a vinda de pessoas de outras instituições de ensino no Brasil que também utilizam o Moodle. O encontro é, na verdade, uma oportunidade para compartilhar e colaborar com a comunidade de usuários da plataforma. Tudo isso ocorrerá no RDC. De manhã, no auditório e, à tarde, nas salas de aula e laboratórios do subsolo.

Qual a importância de receber o MoodleMoot na Universidade?
Gilda Helena Bernardino de Campos:
A Universidade tem estimulado a inserção e o uso de tecnologias nas salas de aula. O ambiente de aprendizagem on-line da PUC, utilizando a estrutura que a plataforma Moodle oferece, nos permite fazer parte de um conjunto de grandes universidades do mundo que investem no uso de tecnologia na educação. O MoodleMoot é um encontro que permite trocar, entre usuários da PUC e de outras instituições, experiências sobre o ambiente. Os professores da Universidade vão compartilhar as suas experiências e farão relatos a respeito de como têm utilizado o Moodle nas suas práticas, seja nas salas de aula ou em outras modalidades a distância. Além disso, poderão ouvir outros professores de instituições de ensino superior, que fazem o uso do mesmo ambiente. É importante reafirmar o interesse da Universidade em modernizar as práticas de ensino, que nós temos chamado de práticas inovadoras no Ensino Superior. Acho que é importante ouvir parceiros de outras instituições para saber que uso eles estão fazendo dos seus ambientes de aprendizagem on-line.

Publicada em: 11/10/2017 Ver matérias da seção: Entrevista

Nesta Edição

anterior < Mercado do esporte em debate na Universidade O professor Luiz Léo e a aluna...

próxima > Uma nova forma para navegar pelas bibliotecas Dolores Rodriguez Perez e ...

DESTAQUES

Discussão sobre Previdência

Na terça-feira, 24, a Associação dos Antigos Alunos (AaA) promove a palestra Longevidade e Previdência no Brasil. Leia mais

CineLetras

O filme da próxima sessão do CineLetras será O Estranho que nós amamos (2017), de Sofia Coppola, na terça-feira, 24. Leia mais

Charles Chaplin

O Cinema da Tarde exibirá o filme Chaplin (1992), do diretor Richard Attenborough, na sexta-feira, 27. Leia mais