Expediente Fale conosco
Jornal PUC  
Brasão da PUC-Rio e selo 80 anos
Entrevista

Neurociências: um amplo campo de atuação Por: .

A PUC-Rio oferece a partir de 2021 um novo curso no Departamento de Psicologia: Neurociências. Com uma abordagem interdisciplinar, em que o aluno cursará disciplinas de psicologia, biologia, química e filosofia, a proposta do curso é formar um profissional capacitado para os desafios éticos de uma nova realidade mundial em que a neurociência é uma importante fonte de conhecimento. O bacharel em neurociências será capaz de atuar em áreas da saúde tradicionais e também em desenvolvimento tecnológico, tais como setores de Inteligência Artificial, equipamentos de reabilitação em que há interação humano-computador. O coordenador do curso de Neurociências, professor Daniel Mograbi, destaca a importância de oferecer à sociedade um curso como este e como ele será desenvolvido. Um dos pontos positivos é que o aluno de neurociências terá a possibilidade de completar também a formação em Psicologia em quatro períodos adicionais e, assim, seguir uma carreira voltada para clínica com dupla graduação, e haverá estímulo ao empreendedorismo na área de neurociências com disciplinas específicas.

 O coordenador do novo curso de Neurociências, Daniel Mograbi.
O coordenador do novo curso de Neurociências, Daniel Mograbi.

De que forma, ao oferecer o curso de Neurociências, a PUC contribui para promover mudanças na sociedade e fomenta setores produtivos da economia?
Daniel Mograbi: Hoje, a neurociência é uma das principais fronteiras do conhecimento. O funcionamento do cérebro, e como isto está relacionado aos nossos processos mentais, é um grande mistério a ser investigado. Assim, a criação do curso permite o avanço do conhecimento nessa área e o pensamento de várias aplicações para os setores produtivos.

Qual o diferencial deste curso de Neurociências ministrado pela PUC-Rio?
Daniel Mograbi: Este curso tem vários diferenciais. Ele é o primeiro curso de neurociência no país em que o aluno já ingressa diretamente no curso de neurociências com foco neste tema do início ao fim. É o primeiro curso em que o aluno escolhe cursar neurociência e já entra na universidade estudando o que escolheu desde o princípio. Além disso, é um curso marcado pela interdisciplinaridade e que tem uma perspectiva aplicada muito importante por meio da realização de um ano e meio de estágios. Também queremos estimular a atitude empreendedora dos alunos por meio de disciplinas de empreendedorismo e uma parceria com o Instituto Genesis. Também está prevista a implementação de um sistema de tutoria, no qual os alunos serão acompanhados por professores desde o início da graduação e, assim, poderão receber conselhos sobre quais disciplinas pegar e quais estágios fazer. É uma forma de personalizar a formação dos alunos. Por fim, os estudantes terão a possibilidade de completar o bacharelado em neurociências em quatro anos e, depois, se formar em psicologia. Ou seja, em seis anos, o aluno sai com dois diplomas.

Como será a estrutura do curso? Em quanto tempo e quais as disciplinas o aluno deverá cursar?
Daniel Mograbi: O curso é marcado por diferentes disciplinas e campos do saber. Dessa forma, o curso vai apresentar muitas disciplinas da psicologia, mas também da biologia, da filosofia, da linguística, da ciência da computação, ou seja, será um curso bastante diverso. Ele terá duração de quatro anos. Então, além das disciplinas de diferentes campos, os alunos poderão fazer estágios supervisionados.

Com que habilidades o vestibulando deve se identificar para escolher o curso?
Daniel Mograbi: O vestibulando que escolher a neurociência é alguém que gosta tanto de ciências humanas quanto de ciências biológicas. O perfil é de um estudante que, por exemplo, considera fazer psicologia, mas também gosta de uma perspectiva científica. Ou seja, alguém no meio do caminho das ciências biológicas e das ciências humanas, e que goste de entender a complexidade do fenômeno humano a partir destas duas perspectivas.

Que papel desempenha e em que setores poderá atuar o bacharel em neurociências?
Daniel Mograbi: O bacharel em neurociências tem muitos setores de atuação. Há uma demanda crescente no mercado por conhecimento em neurociências. Uma primeira aplicação seria no setor da saúde, como em equipes multiprofissionais de saúde, indústria farmacêutica e serviços de diagnóstico por neuroimagem. Outro campo de atuação está vinculado à tecnologia em áreas da Inteligência Artificial, programação, próteses de reabilitação e interação humana com computador. Por sinal, o setor tecnológico tende a crescer muito nas próximas décadas. Nós podemos pensar também no setor de serviços, como marketing ou qualquer serviço apoiado no conhecimento sobre sistema nervoso. Ainda tem o campo da pesquisa, que junta a indústria e a continuação dos estudos na universidade, com uma pós-graduação stricto sensu. E, finalmente, para aqueles que buscam uma perspectiva mais clínica, existe a possibilidade de completar o curso de neurociências e depois se formar em psicologia em apenas dois anos. Com a dupla formação, todo o campo de atuação clínica do psicólogo se abre, seja na interface direta com a neurociência e a neuropsicologia, seja na atuação clínica da psicoterapia. Afinal, um bom psicoterapeuta pode enriquecer o seu conhecimento de memória e emoção. Ou qualquer outra aplicação da psicologia, como recursos humanos, escolar, hospitalar.

Publicada em: 21/09/2020 Ver matérias da seção: Entrevista

Nesta Edição

anterior < Semana de Direitos Humanos defende o ideal Vida para Todos

A organizadora da Se

...

próxima > Comunicação: nova direção e novo curso

Desde o dia 1º de setembr

...

DESTAQUES

Semana Teológico-Pastoral De terça, 20, a quinta-feira, 22, ocorrerá a XXI Semana Teológico-Pastoral, uma iniciativa do Instituto Teológico Franciscano e do Depto. de Teologia. Leia mais.
Socorro Felino O grupo de voluntários Felinos Universitários do Marquês precisa de ajuda para manter os cuidados e a alimentação dos gatos das colônias existentes na PUC-Rio, no Minhocão e da colônia da banca do Antônio. Leia mais.
Alunos Empreendedores A PUC-Rio promove uma campanha de divulgação das atividades de alunos empreendedores. Leia mais.
ELEIÇÃO DA CIPA A eleição para os novos integrantes da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) ocorre até o dia 23. Leia mais.
Campanha Arquidiocese A PUC-Rio e a Arquidiocese do Rio de Janeiro coletam doações de alimentos não perecíveis e produtos de higiene e limpeza para famílias carentes afetadas pela Covid-19. Leia mais.
Office 365 A Universidade tem um acordo com a Microsoft que prevê disponibilizar o Office 365 para toda a comunidade PUC. Entre no link para fazer o cadastro e obter o acesso ao pacote on-line. Leia mais.