Expediente Fale conosco
Jornal PUC  
Brasão da PUC-Rio e selo 80 anos
Entrevista

28ª Semana Interna de Prevenção de Acidentes no Trabalho

Uma das ações mais importantes no cuidado com a segurança, saúde e bem-estar do trabalhador, a Semana Interna de Prevenção de Acidentes no Trabalho (SIPAT) será realizada desta segunda, 5, a sexta-feira, 9, por meio de encontros, palestras e atividades virtuais. Organizada pelo presidente da CIPA e da SIPAT, professor a Semana tem como objetivo promover a conscientização dos trabalhadores sobre a importância de prevenir acidentes e doenças relacionadas ao trabalho.

 Roosevelt Fideles de Souza, Rita de Cássia dos Santos Mota e Álvaro Martins Rodrigues (fotos:acervo pessoal)
Roosevelt Fideles de Souza, Rita de Cássia dos Santos Mota e Álvaro Martins Rodrigues (fotos:acervo pessoal)

O  que  é  e quais  são  os  principais  objetivos da SIPAT?
Álvaro Martins Rodrigues:  SIPAT  significa  Semana Interna de Prevenção  de Acidentes no Trabalho.  A legislação  da Semana Interna de Prevenção  de Acidentes no Trabalho  (SIPAT) está  prevista  na Portaria nº 3.214 da  Norma Regulamentadora  de número 5 (NR-5),  que destaca que ela é uma atribuição da CIPA que deve promover, anualmente, em conjunto  com o SESMT, onde houver, a  SIPAT. Durante esse  período,  são realizadas palestras  e  prestados  esclarecimentos quanto  à prevenção de acidentes e de doenças ocupacionais dentro da empresa. A SIPAT  é um  dos eventos mais importantes voltados para promover a conscientização  dos trabalhadores quanto  à  importância da prevenção  de  acidentes no local  do  trabalho e  das  doenças relacionadas ao trabalho.

Por que é importante ter uma CIPA?
Álvaro  Martins  Rodrigues:  A CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes) é composta por representantes indicados pelo empregador e de  eleitos  pelos  empregados, e tem como missão a preservação da saúde e da integridade física dos trabalhadores e de  todos os que  interagem com a instituição. A CIPA tem como objetivo observar e relatar condições de risco nos ambientes de trabalho e solicitar medidas para reduzir, eliminar e/ou neutralizar os riscos existentes; discutir os acidentes ocorridos; e o resultado da discussão  é encaminhando ao SESMT (Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho), solicitando medidas que previnam acidentes semelhantes. Outra ação é orientar os demais trabalhadores quanto à prevenção  de  acidentes, promovendo assim um ambiente saudável e com qualidade  de vida aos colaboradores e à empresa.

Roosevelt Fideles de Souza: Uma das vantagens de se ter uma comissão (CIPA) é a oportunidade de atender e ouvir os funcionários para as questões de segurança e bem-estar no ambiente de trabalho, promovendo, assim, uma melhor interação entre empregador e empregado.

Qual a vantagem  que as empresas têm com a realização de atividades como a SIPAT?
Álvaro Martins Rodrigues: A vantagem que as empresas têm com a SIPAT é a possibilidade de discutir e promover a conscientização dos trabalhadores quanto  à  importância de prevenir acidentes no local de trabalho e de doenças relacionadas ao trabalho, além de prestar esclarecimentos sob diversos outros pontos sobre saúde e segurança de uma forma abrangente e de acordo com as solicitações dos funcionários.

Roosevelt Fideles de Souza: Este é o momento em que a Comissão (CIPA) tem para se aproximar e interagir ainda  mais com os funcionários da Universidade para  promover  palestras  pertinentes  a prevenção de acidentes, segurança, saúde e bem-estar social.

O que muda na conferência deste ano, em um contexto de pandemia?
Roosevelt Fideles de Souza: A grande mudança  é que, devido  à  pandemia da  Covid-19, será a primeira vez na história  da Universidade que  realizaremos a SIPAT no ambiente  virtual, com palestras  on-line e iniciando  as  palestras em horários diferentes no período de 5 a 9 de outubro. E com a possibilidade de termos todas as  palestras  em acervo  na Plataforma do Ecoa, para  que todos os interessados  nos assuntos abordados na SIPAT e que,  por algum motivo, não tenham conseguido assistir ao  vivo, possam, a qualquer momento, buscar no acervo do Ecoa a palestra desejada.

Quais serão os principais assuntos abordados?
Rita de Cássia dos Santos Mota e Roosevelt Fideles de Souza: Sempre procuramos adaptar os temas da SIPAT aos assuntos em evidência durante o ano corrente, começamos pelo tema que neste ano é “Nosso maior patrimônio é a vida, nossa maior proteção é a prevenção”, iniciaremos no dia 5,  às 15h, com as palestras: “Apresentação de ações normativas e preventivas de saúde e segurança no Campus” e “Atenção plena: uma chave para o bem-estar”, proferidas  pelo  dr. médico Álvaro  M.  Rodrigues e pela psicóloga Patrícia Magacho, ambos da PUC-Rio. No dia 6, às  15h, haverá  a  palestra “Errare Humanum Est. O papel  da organização na prevenção de acidentes”, com o professor Carlos  André  Vaz Junior (prof. dr.  EQ/UFRJ). No dia 7,  às 18h, a palestra  “Como lidar com a  Dependência Digital?”, será  proferida  pelos professores  Gustavo  Robichez de Carvalho e Raphael Zaremba, ambos da PUC-Rio. No dia 8, às 18h, a temática é a saúde física e mental, palestras: “Alongamento multifuncional  e ergonomia no lar” e  “Yoga,  uma ferramenta  para restabelecer  o equilíbrio físico, mental e emocional” com as consultoras Jô Santos e Monica Guimarães, ambas da PUC-Rio. No último  dia, 9, às 15h  “Prevenção de Covid-19 no  dia a dia e  perspectiva  de vacinas”  com o  infectologista e epidemiologista Bruno Scarpellini.

Qual o público alvo das palestras?
Rita de Cássia dos Santos  Mota e Roosevelt Fideles de Souza: O nosso público alvo é o funcionário, professor  e aluno da Universidade, enfim, toda a Comunidade  PUC. A nossa gestão vem trabalhando  para  que os  alunos também sejam  atraídos  para  a  SIPAT,  pois os  alunos de hoje  são os profissionais de amanhã,  e ter noções de prevenção em acidentes, segurança,  saúde e bem-estar  social  na profissão  também faz parte de uma formação de excelência. Para  isso, vamos  oferecer  Certificados  de Hora Complementar aos  alunos participantes. Este ano, temos um  grande diferencial por conta da SIPAT ocorrer em ambiente  virtual, inteiramente  on-line. Assim,  caíram  os  muros e  as  distâncias deixaram de ser um problema, então, temos o propósito de alcançar não só a Comunidade PUC como também um público externo que tenha interesse nas temáticas abordadas. Aguardamos vocês.

Publicada em: 02/10/2020 Ver matérias da seção: Entrevista

Nesta Edição

anterior < Professores e funcionários homenageados receberão certificados em casa

Com a pandemia provocada pela

...

próxima > Jornalismo tem nova grade curricular alinhada com as necessidades profissionais do mercado

O Coordenador do Curso de Jorn

...

DESTAQUES