Expediente Fale conosco
Jornal PUC  
Brasão da PUC-Rio e selo 80 anos
Entrevista

União entre Artístico e Acadêmico no Seminário de Artes Cênicas Por: .

O Departamento de Letras e o Instituto de Estudos Avançados em Humanidades (IEAHu) promovem o 3º Seminário de Artes Cênicas PUC-Rio. Nas próximas duas semanas, até o dia 24, serão organizadas quatro mesas de debate com a presença de profissionais e pensadores da cena artística sobre temas dos campos do pensamento e da prática artístico-acadêmicas. Em formato virtual, o Seminário celebra ainda a criação do primeiro curso de Pós-Graduação de Artes Cênicas da Universidade. A coordenadora do curso de Artes Cênicas, professora Fernanda Bond, e a professora Ana Kfouri, do Departamento de Letras, falam sobre a importância de a PUC-Rio promover esse espaço de diálogo e ressaltam o papel fundamental da arte em tempos de intolerância. Para se inscrever no seminário, clique aqui.

 Fernanda Bond e Ana Kfouri.jpg
Fernanda Bond e Ana Kfouri.jpg

Qual é a importância do Seminário de Artes Cênicas para a Universidade e os alunos?
O III Seminário de Artes Cênicas surge do desejo de reunir professores e alunos da comunidade acadêmica PUC-Rio, e também o público de maneira geral, neste momento tão desafiador de isolamento e crise, para produzir diálogos e trocas e explorar a força da palavra, do pensamento e da ação que movem o campo das artes e, portanto, da vida. Em tempos de intolerância às artes e às humanas, é fundamental buscarmos espaços, mesmo que virtuais, de encontro real, para refletir sobre formas de atuação e criação no contexto de um país fragilizado pelos efeitos da pandemia e pela instabilidade política e que precisará se reinventar a partir de novas iniciativas artísticas que estimulem a cultura, a diversidade e a cidadania.

Como foi feita a adaptação do encontro para o modelo on-line e quais as vantagens deste novo formato?
O formato on-line atende às urgências do momento e traz como vantagem a possibilidade de atingir um público muito maior que o formato presencial, podendo agregar interessados de outros lugares do Brasil e do mundo. Além disso, o fato de ser on line nos possibilitou convidar para as mesas artistas e pensadores da cena residentes em outros países, ampliando o escopo de reflexão e troca. O formato do nosso seminário, de conversas em dupla, foi elaborado levando em conta as novas necessidades do on-line, visando facilitar o aprofundamento do debate e da escuta em um tête-à-tête virtual entre o professor e seu convidado.

As palestras do seminário podem ser interessantes para alunos de outros cursos?
Com certeza. O campo das artes é um campo que potencializa, antes de tudo, o cidadão e é, com certeza, um dos pilares de sustentação de uma sociedade mais crítica, mais ética e mais alegre. Acreditamos que alunos de todas as áreas possam ser tocados pelos temas que abordam os entrecruzamentos entre arte e vida, corpo e palavra, cena e imagem, linguagem e política.

Qual é a importância do contato direto com profissionais e pensadores da cena artística para os alunos de Artes Cênicas?
É muito importante e potente a convivência entre estudantes, pesquisadores e artistas, para todos em questão, desde iniciantes a profissionais de vasta experiência.  Estimula a interlocução de saberes, pensamentos e práticas, aguça e revigora o interesse e o respeito pelo outro, pelas diferenças, estreita os modos do pensar e os modos do fazer, e produz a sensação maravilhosa de que todos estão em experiência e, portanto, em aprendizagem contínua. Para os alunos das Artes Cênicas é uma oportunidade única testemunhar e participar do encontro entre seus professores e artistas e pensadores com atuação e prestígio vastamente reconhecidos, produzindo um diálogo imprescindível do curso com o fora, trazendo o mundo para dentro da Universidade.

Como foi o processo de escolha do tema Uma palavra que abre mundos desta edição do seminário?
A proposta foi justamente a de que a pesquisa de cada professor movesse cada encontro, no intuito de criar espaço para que o corpo docente pudesse estar mais próximo das inquietações artísticas dos parceiros. E o desafio lançado foi a formação de duplas a cada encontro, um professor e um convidado, artistas e pensadores da cena, para um diálogo sobre temas que atravessam suas pesquisas a partir de uma provocação, no caso, uma palavra, uma palavra-tema, que potencializa uma abertura de mundos nos campos do pensamento e da prática artístico-acadêmicos.

O seminário também é uma celebração do primeiro curso de pós-graduação em Artes Cênicas da PUC-Rio. Qual é a área de estudo e a proposta do novo curso?
Sim, o seminário celebra o primeiro curso de Pós-Graduação em Artes Cênicas da PUC-Rio: Relações entre Corpo e Palavra nas Artes da Cena e da Imagem, com início em março de 2021, no formato on-line. É preciso celebrar, porque é uma vitória do Curso de Artes Cênicas reunir professores, pensadores e artistas de excelência em torno das artes da cena e da imagem. A coordenação é de Ana Kiffer e Ana Kfouri.


“O curso Relações entre Corpo e Palavra nas Artes da Cena e da Imagem propõe uma visão radical do corpo e da palavra, que questiona tanto a sua subalternidade quanto a sua potência transgressora no contexto da cultura ocidental. O nosso princípio é o da descolonização do corpo e o da afirmação que a relação entre corpo-palavra é o primeiro território – ancestral e atual – de formação de todo artista” (trecho do texto de abertura do curso).
A especialização é uma formação prático-teórica tanto para atores/performers/poetas quanto para diretores, escritores, roteiristas, preparadores de elenco, assistentes de direção, com foco na presença do corpo e da palavra em atuação conjunta. Mas também pode interessar outras áreas, como a pedagogia, o direito, a psicologia, entre outros campos de atuação, que têm a palavra e, portanto, o corpo, como forças movedoras de suas pesquisas e práticas.

Publicada em: 16/11/2020 Ver matérias da seção: Entrevista

Nesta Edição

anterior < Série debate a relação do direito com os temas atuais

Caitlin Sampaio Mulholland, Th

...

próxima > Natureza e cultura em diálogo no Encontro promovido pelo Laboratório de Biogeografia e Ecologia Histórica

O I Encontro Espaços-tempos: d

...

DESTAQUES

Bolsa de Doutorado O Departamento de Química oferece uma bolsa de doutorado do CNPq, no valor de R$ 2.200, em parceria com uma empresa multinacional, para desenvolvimento de um projeto na área de reologia de silicone. Leia mais.
Pós-Graduação CTC Cinco programas de pós-graduação do Centro Técnico Científico da PUC-Rio (CTC/PUC-Rio) estão com inscrições abertas para mestrado e doutorado stricto sensu. Leia mais.
Novembro Azul No mês mundial de combate ao câncer de próstata, o Departamento de Medicina e o Ambulatório São Lucas oferecem  descontos de até 60% para todos os professores e funcionários da PUC-Rio. Leia mais.
DoaPUC Até o dia 14 de dezembro, o programa DoaPUC vai angariar ajuda financeira para a Casa Maternal Mello Mattos. Leia mais.
Instituto Serrapilheira O do Instituto Serrapilheira convocará até 12 jovens cientistas das áreas de ciências naturais, computação e matemática, para receber um apoio de R$ 200 mil a R$ 700 mil por três anos. Leia mais.
Office 365 A Universidade tem um acordo com a Microsoft que prevê disponibilizar o Office 365 para toda a comunidade PUC. Entre no link para fazer o cadastro e obter o acesso ao pacote on-line. Leia mais.